O início do começo – Capítulo III

- Desculpe, vai damisela, eu estava distraído com a sua beleza. – Ele sorriu, com seus dentes muito brancos e olhos brilhantes muito azuis. – Sirva-se, por favor. – No entanto, ele não soltou a concha. A ameaça de sua mãe e as histórias que ouvia começaram a passar rápida e repetidamente pela cabeça de Shaya, deixando-a nervosa. Evitando olhá-lo, como se estivesse diante...

O início do começo – Capítulo II

* - Por que você se arruma tanto se você já conhece todas as pessoas que estarão na festa? – Ed perguntou a Shaya enquanto segurava as flores que a mãe dela entremeava, uma a uma, nos cabelos trançados dela. - Não conheço as outras famílias nobres. – Ela respondeu distraída, colocando nos lábios a mistura de cera de abelha e corante, que sua avó preparara. - Nem vai conhece...

O início do começo – Capítulo I

* Ela afundou os pés na aterra molhada nas margens do rio e agachou-se com os olhos fechados, desfrutando o frio na pele e o ruído suave das águas. O dia estava muito quente, e ela não aguentava mais ficar presa em casa descascando batatas ou mexendo os imensos caldeirões. A semana inteira se havia resumido em preparações para a celebração dos MacSerran, e ela estava definitivamente conve...

Conto – Cidade Velha

E foi naquela manha, com o sol a pino no final na praça com os últimos foliões momescos que meus olhos deixaram o mar no horizonte. As roupas que vestia pareciam andrajos anacrônicos e nem mesmo pareciam minhas. Sentei no chão de pedrinhas brancas, que cheirava mal, mas ao menos era solido para por a cabeça em ordem. Como, eu me perguntava, estava ali, e porque? De súbito atingiu-me um pavo...